Skip to Content

Newsletter: o que é e como criar?

Pessoa segura o smartphone enquanto um ícone sinalizando uma nova mensagem de e-mail surge na tela

Você recebe algumas dezenas de newsletter por semana, né? E não à toa: a estratégia promete qualificação de leads e mais conversões para o seu negócio.

Muitos gestores se perguntam o quão eficiente é uma estratégia de envio de e-mails atualmente. Com a expansão das redes sociais e aplicativos de mensagens, como o WhatsApp, será que ainda é válido trabalhar com o disparo de uma newsletter?

A dúvida é super válida e bastante comum no ambiente corporativo do marketing digital. Com times muitas vezes reduzidos, as estratégias de e-mail marketing acabam ficando negligenciadas em prol das redes sociais do momento (quem não quer viralizar no TikTok?)  No entanto, hoje vamos falar sobre por que ainda é importante manter o seu disparo de newsletter afiado.

Siga conosco e saiba mais!

Marketing Intelligence Report

Vá mais fundo em todas as tendências e insights que moldam o cenário do marketing digital.

O que é Newsletter?

Antes de mais nada, é importante definir o conceito de newsletter. As newsletters são e-mails com enfoque informativo, que possuem uma recorrência em seus envios. Ou seja, diferente das réguas focadas em conversão, essas mensagens têm foco em trabalhar o relacionamento com o público e aumentar a autoridade de marca.

Na verdade, o material pode abordar diversos assuntos, trazer as últimas notícias sobre determinado tema, empresa, produto ou serviço ou ainda um apanhado de informações relevantes e novas, inclusive enfatizando ações institucionais – o que faz da newsletter uma arma valiosa para as ações de endomarketing e engajamento de equipe.

Além disso, muitos estrategistas de marketing consideram a newsletter uma porta de entrada para os demais envios de e-mail marketing dentro de uma estratégia digital completa.

Sendo um dos formatos mais comuns e iniciais de qualquer envio de e-mail marketing (EMM), as newsletters costumam gerar um relacionamento mais leve com o lead, oferecendo um tom mais informativo dentro da comunicação com a empresa em questão.

As newsletters são excelentes formas para reforçar sua marca na mente do consumidor, uma vez que oferta apenas conteúdos diversos, além de poder gerar fluxo para os demais canais digitais da sua empresa.

Além disso, é importante destacar que, geralmente as newsletters são enviadas para toda a sua base de leads, por ter justamente esse tom mais aberto, sem um foco comercial direto.

Ou seja, suas newsletters podem funcionar como reforço de marca para os clientes que estão nos mais diversos estágios do funil, diferentes momentos de compra e necessidades distintas.

LEIA MAIS: Como melhorar a segmentação de seu email marketing?

Benefícios da newsletter para o seu negócio

É comum que gestores queiram saber se ainda vale a pena investir no envio de newsletters. A resposta é: sim! Newsletters, como mencionamos anteriormente, são excelentes formas de relacionamento com seu público.

Se você tem um blog, por exemplo, ou perfis nas redes sociais, pode fazer um apanhado dos últimos posts e enviar em uma newsletter. A prática pode ajudar você a gerar mais fluxo nas redes e um maior alcance nas publicações do blog. Vale dizer que ela também contribui para as estratégias de social listening. 

Além disso, a comunicação por meio do envio de e-mails é um excelente canal para quem precisa estabelecer uma relação B2B ou B2C. Isso significa que, dentro da sua estratégia digital, independente do tipo de comunicação estabelecida, o envio de newsletters pode ajudar a alavancar o seu negócio.

Segundo a mesma pesquisa, 79% dos profissionais de marketing B2C confiam no e-mail para divulgar seus novos artigos ou posts em blogs. Isso comprova que a estratégia ainda é forte no meio digital, mesmo com a crescente de plataformas que focam na instantaneidade das mensagens.

LEIA MAIS: Dicas de E-mail Marketing

Passo a passo para construir newsletters que performam

Quer começar hoje mesmo sua estratégia de envio de newsletters? Separamos algumas dicas para que seus e-mails performem mais.

Conteúdo relevante

Como seu objetivo principal no envio de uma newsletter é entregar conteúdo para todos (ou a maioria) dos seus leads, você precisa ter certeza de que seu conteúdo é relevante e interessa seus leitores. Daí a importância em acompanhar as taxas de abertura e, se possível, de clique e cancelamentos dos seus envios.

O ideal é que exista um planejamento por trás destes envios, visando um maior aproveitamento na seleção de conteúdos. O planejamento pode ser baseado nas técnicas de Inbound Marketing, por exemplo, direcionando a newsletter para um blog ou landing page. 

Texto escaneável

Vai fazer várias chamadas ou trabalhar conteúdos diversos? Então lembre sempre de direcionar o olhar do seu leitor pelos pontos mais importantes. Você pode fazer isso incluindo bolds, itálicos, listas com marcadores e demais recursos visuais que gerem uma facilidade na leitura. Além disso, o ideal é que seu material seja o mais enxuto possível.

Por isso, inclua CTAs (botões de ação) no material, levando para os materiais completos para que seu leitor possa acessar apenas o que realmente tiver interesse.

Definição de assunto e remetente

Lembre-se sempre de que seu assunto deve ser algo interessante. Afinal, você deve despertar a atenção e curiosidade do seu leitor na caixa de e-mails dele. Para que sua newsletter se destaque, crie um assunto que instigue a curiosidade e inclua emojis alinhados com o tema, por exemplo.

Já para finalizar o envio, evite incluir um remetente padrão. O ideal é que sua newsletter pareça que foi enviada por uma pessoa “de verdade”. Você pode incluir o nome de uma pessoa de referência na empresa, para facilitar a identificação.

LEIA MAIS: Captação de Leads: O que é e como fazer?

Estruturação de layout

A máxima “menos é mais” também pode funcionar para seus newsletter. Por isso, pense que seus leitores poderão abrir seu material nos mais diversos dispositivos, incluindo dispositivos móveis.  Assim, aposte em layouts mais simples, de fácil carregamento, que não fiquem trancando e que não contenham tanta informação gráfica. 

Ou seja, muitas vezes um texto bem feito e escaneável, com alguns poucos recursos visuais pode funcionar muito melhor do que uma imagem pesada, difícil de carregar ou ler.

Aplicação de imagens

Alinhada com o ponto anterior, esta dica pode fazer toda a diferença na sua estratégia de envio de newsletters.

Você sabia que alguns serviços de e-mail bloqueiam as imagens do material que as empresas enviam? Ou seja, seus leitores podem ter dificuldades em acessar ou mesmo consumir suas newsletters com imagens aplicadas.

Por isso, como mencionamos no ponto anterior, o mais indicado é que seja feito um texto em HTML ao invés da aplicação de uma imagem em newsletters.

Acompanhamento de resultados

As newsletters funcionam como qualquer material digital, são simples de serem mensuradas. Por isso, sempre que possível, acompanhe as taxas de abertura e clique dos seus materiais e melhore os pontos que ainda estão performando menos.

Reveja estrutura de conteúdo e faça testes, muitos testes! Veja todos os pontos a melhorar e otimize seus materiais.

Sistema de envio

E claro, para ter um resultado melhor e mais efetivo com o envio das suas newsletters, tenha um sistema de automação de marketing, como um CRM, por exemplo. Ele permite que você crie e envie os textos, bem como fazer o planejamento, organização da base de leads e demais ações relacionadas ao envio dos e-mails.

Lembre-se que você pode investir em conteúdos diversos, focando em uma comunicação mais ampla, que seja aderente com o maior número possível de pessoas dentro da sua base de leads.

Além disso, algumas boas formas de engajar seus leitores são ter conteúdos frequentes dentro da mesma linha. Isso funciona quase como colunas específicas, que seus leads podem acompanhar para que se aprofundem mais em determinados temas e fiquem sempre atualizados.

Outro fator que pode auxiliar na estruturação de uma agenda de conteúdos e geração de engajamento com suas newsletters é fazer enquetes, pesquisas, incluir espaços para contato e demais métodos que aproximem você do seu leitor e ainda possam gerar inteligência e dados para sua empresa.

Você também pode aproveitar o espaço da newsletter para divulgar conteúdos ricos, fazendo uma grande oferta de materiais diversos dentro do seu segmento. Com o monitoramento, é possível descobrir mais sobre as necessidades do seu leitor e, com isso, gerar estratégias específicas de relacionamento com cada grupo.

O Marketing Cloud, funcionalidade do CRM da Salesforce, cobre todos esses aspectos que falamos acima e, para ser ainda melhor, responde às suas ações em tempo real. 

Por exemplo, vamos dizer que você acabou de captar um no lead graças à inscrição em algum material rico. 

Logo que ele for incorporado a uma das jornadas disponíveis no Marketing Cloud (que são criadas e personalizadas conforme a sua necessidade de negócio), a ferramenta dispara uma newsletter com todos os novos conteúdos do blog, ou então com todos os conteúdos que façam sentido para esse possível cliente.

É personalização em escala e em tempo real para impulsionar ainda mais a sua estratégia! Que tal começar hoje mesmo a pensar e estruturar o seu planejamento de newsletters?

LEIA MAIS: KPIs de Marketing Digital: como definir e monitorar

Gostou de saber mais sobre newsletter?

Nosso blog e Centro de Recursos estão sempre atualizados com novidades e conteúdos sobre CRM e vendas. Abaixo sugerimos outras leituras que podem ser úteis a você:

Aproveite para conferir todas as funcionalidades do Marketing Cloud e entender como nosso CRM transforma suas estratégias de captação e conversão. Bom trabalho e até a próxima!

50 melhores práticas para envio de e-mails

Entenda táticas eficazes em design, aprenda a estabelecer metas e orquestrar uma jornada do cliente que faça sentido.

Salesforce Brasil

Somos uma plataforma de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) baseada na nuvem, que permite com que empresas possam gerenciar e integrar todas as suas operações, como vendas, marketing, atendimento, ecommerce e TI em um lugar só.

Mais de Salesforce