Skip to Content

Análise SWOT: o guia para fazê-la corretamente

analise swot e a descrição de suas siglas

A Análise SWOT pode ser uma maneira incrível para conhecer melhor a sua empresa, os concorrentes e, até mesmo, os seus clientes e prospects. Confira!

A análise SWOT é uma técnica de gestão que ajuda empresas a identificar os pontos fortes e fracos, assim como as oportunidades e ameaças de um negócio. Além disso, SWOT é a sigla em inglês para Forças (Strengths), Oportunidades (Opportunities), Fraquezas (Weaknesses) e Ameaças (Threats). Em português podemos chamar de FOFA.

Qualquer negócio pode utilizar a análise SWOT, independente do segmento ou tamanho da empresa. A técnica pode ser aplicada inclusive em diferentes setores da mesma organização. 

Da atuação do marketing ao desenvolvimento de produtos, ela é uma ferramenta útil para avaliar a posição atual da empresa no mercado, entender as tendências do setor e traçar estratégias para o futuro.

Neste artigo, vamos explicar o que é a análise SWOT, como ela pode ser aplicada e de que forma ela pode ser benéfica para o seu negócio. Vamos lá?

Guia para mapear a jornada de seus clientes

Entenda quais são os canais utilizar, quando entrar em contato com seu cliente e o melhor tipo de mensagem para ser utilizada.

O que é Análise SWOT ou FOFA?

Como falamos acima, SWOT ou FOFA é uma sigla para Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças. Antes de nos aprofundarmos em cada um destes tópicos, vale destacar que a análise SWOT é geralmente feita na forma de uma matriz. Esta matriz é dividida em quatro quadrantes, cada um representando um aspecto da análise SWOT

A representação visual da matriz SWOT é uma maneira eficaz de resumir as informações coletadas e destacar as principais descobertas. A aplicação visual ajuda a simplificar a análise, tornando-a mais fácil de entender e compartilhar com outras pessoas. 

As informações podem ser apresentadas de forma clara e concisa, tornando a análise mais fácil de lembrar e discutir. Além disso, a representação visual da matriz SWOT permite uma fácil identificação de padrões e tendências, o que pode ajudar na tomada de decisões informadas.

Por fim, a matriz geralmente é organizada em um padrão específico, seguindo esta lógica:

  • Acima: elementos internos da organização (Forças e Fraquezas)
  • Esquerda: elementos positivos (Forças e Oportunidades)
  • Abaixo: elementos externos (Oportunidades e Ameaças)
  • Direita: elementos negativos (Fraquezas e Ameaças)
matriz analise swot template

Leia mais: Oceano Azul: o que é e como adotar essa estratégia?

Agora que a gente sabe como a matriz é organizada, vamos entender um pouco melhor o que colocar em cada um dos quadrantes da sua matriz SWOT ou FOFA.

  • Forças (Strengths): são os pontos fortes da sua empresa, ou seja, o que ela faz bem e pode aproveitar para se destacar no mercado. Por exemplo: agilidade de entrega, profissionais talentosos, experiência atendendo grandes clientes ou um nicho específico.  
  • Oportunidades (Opportunities): autoexplicativo, né? Alguns exemplos: a utilização de uma nova tecnologia, um nicho de mercado pouco explorado, uma nova demanda dos consumidores ou o lançamento de uma nova rede social.
  • Fraquezas (Weaknesses): tudo aquilo que sua empresa precisa melhorar para se manter competitiva no mercado. Uma equipe desmotivada ou inexperiente, preço alto, processos ineficientes ou má reputação. 
  • Ameaças (Threats): são as tendências e ameaças do mercado que podem prejudicar a empresa. Por exemplo: instabilidade econômica, alta concorrência ou mudanças na legislação.

Leia mais: Método Kanban: Guia definitivo para aplicá-lo no seu negócio

Quais benefícios a análise SWOT traz para o negócio?

A análise SWOT é uma ferramenta amplamente utilizada para avaliar a posição estratégica de uma empresa, organização ou projeto.

Com essa análise, é possível definir estratégias para maximizar os pontos fortes, minimizar as fraquezas, aproveitar as oportunidades e enfrentar as ameaças.

Vejamos alguns benefícios da utilização da análise SWOT em diferentes cenários e aplicações:

Identificação dos pontos fortes e fracos da empresa:

Pode parecer óbvio com base em tudo que já falamos até aqui, mas para identificar quais os seus pontos fortes e fracos você deve ter um momento para refletir a respeito. Ao se propor a fazer a análise SWOT, você vai dedicar tempo para verificar quais são esses aspectos. 

Um exemplo de ponto forte pode ser a qualidade dos seus produtos e a eficiência dos seus processos. Se possível, tente se basear em indícios reais e menos em intuição. Selos de reconhecimento de qualidade, taxas de sucesso ou feedback de clientes são alguns indicativos importantes para identificar com precisão seus pontos fortes e fracos.

Leia mais: Foco do Cliente: 6 dicas e estratégias!

Avaliação do mercado e da concorrência

Da mesma forma, a análise SWOT também permite identificar as oportunidades de mercado e ameaças competitivas, como novas tendências de consumo, mudanças regulatórias, entrada de novos concorrentes e outras variáveis que podem afetar o seu negócio.

Veja o boom das aplicações baseadas em Inteligência Artificial, como o ChatGPT, por exemplo. Utilizar esta nova tecnologia é uma grande oportunidade para diversos segmentos, da saúde à ciência de dados. Do outro lado da moeda, sua concorrência também vai estar buscando se destacar, tornando-se uma ameaça. 

Definição de estratégias

Com a análise SWOT, você será capaz de definir estratégias para maximizar seus pontos fortes, minimizar suas fraquezas, aproveitar as oportunidades e enfrentar as ameaças identificadas na análise.

Pode-se dizer que a definição de estratégias é a essência da análise SWOT. Sua análise não servirá de nada apenas no papel. Mais importante do que saber quais são suas fraquezas, é saber como solucioná-las.

Comunicação clara e objetiva

Para incluir diversos pontos na matriz SWOT será necessário sintetizar muitas informações complexas. Coisas no papel como “equipe desmotivada” podem render inúmeras explicações, mas com a análise SWOT você e sua equipe vão precisar manter a objetividade, tornando a comunicação com os sócios da empresa, demais colaboradores, investidores e clientes.

Leia mais: KPIs de Vendas: como definir e monitorar

Como fazer a análise SWOT?

Agora que você já consegue identificar as principais vantagens e benefícios da análise SWOT, está na hora de aplicá-la. Em primeiro lugar, tenha clareza do seu objetivo.

Você quer reposicionar a sua marca, lançar um novo produto no mercado ou fazer uma campanha de marketing? Sabendo o seu objetivo, envie os convites para o seu time e marque uma reunião.

Selecione os participantes conforme o seu objetivo, de forma que possam colaborar com a dinâmica. Alguém do marketing pode ser útil para falar sobre um produto, mas talvez um desenvolvedor não possa ajudar tanto para falar sobre uma campanha com influenciadores.

Ainda que a abordagem mais comum seja fazer a análise SWOT em grupo, também é possível fazê-la individualmente. No lugar de diferentes opiniões e pontos de vista, você ganha em profundidade, podendo elaborar ideias mais específicas. 

O tempo para realizar a análise é o de uma reunião de algumas horas, mas pode durar um dia inteiro, dependendo da complexidade do assunto a ser analisado. Certifique-se que você dispõe dos materiais necessários para suas anotações e rascunhos.

Um quadro, folhas de papel, canetas e post-it podem ajudar. No caso de times remotos, utilize ferramentas de quadro branco como o Miro.

Após o levantamento de todos os pontos, o próximo passo é avaliar as informações coletadas e identificar os principais fatores que devem ser levados em consideração na definição de estratégias ou tomada de decisões.

Em seguida, é importante priorizar esses fatores, identificando aqueles que são mais importantes para a empresa ou projeto.

Com base nas informações coletadas, a empresa pode desenvolver estratégias de negócios, planos de marketing, planos de negócios, entre outros documentos. Além disso, a análise SWOT deve ser regularmente revisada e atualizada para garantir que a empresa esteja sempre ciente das mudanças no mercado e nas condições internas.

Leia mais: Como elaborar um plano de vendas

Exemplo de Análise SWOT

Para tornar este conteúdo mais didático, preparamos um exemplo sobre Análise SWOT que pode servir de modelo para você. Vamos imaginar que somos uma empresa voltada para o mercado B2B, que vende brindes personalizados para colaboradores e eventos. Nesse sentido, precisamos pensar e analisar quais são nossas Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. 

exemplo de analise swot na prática

Dicas para tirar a análise SWOT do papel

A análise SWOT é uma ferramenta de planejamento estratégico, mas ela só é útil se a empresa souber como analisar e colocar em prática o que você levantou de informações e colocou no papel. Para fazer isso, aqui estão algumas práticas que podem ajudá-lo:

  • Priorize as estratégias: identifique as ações mais importantes. Existem diversas formas de estabelecer prioridades. De começar pelas mais fáceis ou começar pelas mais relevantes para o negócio. Discuta com seu time e faça uma lista!
  • Defina metas e objetivos: certifique-se de que suas metas e objetivos estejam alinhadas com a missão e visão da empresa.
  • Desenvolva um plano de ação: defina as etapas necessárias para alcançar as metas e objetivos e atribua responsáveis para cada etapa.
  • Monitore e avalie o progresso: não deixe de acompanhar regularmente o progresso da implementação do seu plano de ação. Faça ajustes se necessário para garantir que a empresa esteja no caminho certo para alcançar suas metas e objetivos.

Leia mais: Forecast ou Projeção de Vendas: o que é?

Possibilidades de aplicação para a Análise SWOT

Se você chegou até aqui, isso significa que você provavelmente quer saber mais sobre esta técnica e ainda não conseguiu visualizar 100% as possibilidades para a aplicação desta técnica. Por isso, vejamos algumas possibilidades:

Desenvolvimento de estratégias de negócios

A análise SWOT é amplamente utilizada para o desenvolvimento de estratégias de negócios, já que ajuda organizações a identificar seus pontos fortes e fracos. 

Exemplos:

  • Uma empresa de comércio eletrônico pode usar a análise SWOT para identificar uma oportunidade para expandir sua linha de produtos em uma categoria que está crescendo, enquanto minimiza os riscos identificados em termos de concorrência. 
  • Uma empresa de construção pode identificar um padrão de demora nas entregas da maior parte das suas obras, a partir do feedback dos clientes. A partir disso, pode buscar novas formas de gerenciamento de projetos ou oferecer benefícios de produtividade para seus funcionários.

Leia mais: Glossário: termos de vendas que você precisa conhecer

Planejamento de marketing

Ao utilizar a análise SWOT para fazer um planejamento de marketing, será possível avaliar o posicionamento da empresa em relação ao mercado e aos concorrentes. Ao usar a análise SWOT para avaliar as tendências de mercado e identificar as preferências dos clientes, uma empresa pode desenvolver uma estratégia de marketing que dê resultados.

Exemplos:

  • Uma empresa de moda pode identificar um grande interesse do público por temas relacionados ao consumo consciente e à sustentabilidade. A partir dessas informações, será possível criar argumentos que conversem com os valores desses clientes, aumentando a receptividade do produto.
  • Uma empresa de desenvolvimento de apps irá lançar um novo produto no mercado, com foco em adolescentes e jovens adultos. A partir dessas informações, foi levantada a oportunidade de veicular a campanha no TikTok e Instagram.

Gestão de projetos

A análise SWOT pode ser utilizada para gerenciar projetos de maneira mais eficaz, já que será possível avaliar seus recursos e capacidades em relação às exigências do projeto e, a partir disso, minimizar os riscos envolvidos. 

Exemplos:

  • Uma empresa de consultoria identificou as habilidades e conhecimentos de sua equipe em relação aos requisitos do projeto. Com isso, atribuiu tarefas e definiu um plano de ação de acordo com a capacidade de cada membro, aumentando a efetividade e qualidade das entregas.
  • Uma empresa de engenharia que pode usar a análise SWOT para avaliar seus recursos em relação a um projeto específico, como tempo e orçamento. A partir disso, será possível desenvolver um plano de gerenciamento de projeto que leve em conta os desafios identificados.

Avaliação de desempenho

Outra forma de uso da análise SWOT é para avaliar o desempenho de uma empresa em relação aos seus objetivos e metas. Fazendo isso, é possível que a empresa identifique quais as áreas de sucesso e quais as que precisam de mais atenção e esforço.

Exemplos:

  • Uma empresa de varejo pode usar a análise SWOT para avaliar o desempenho de suas lojas em diferentes regiões do Brasil. Com essas informações, a empresa pode identificar as lojas com bom desempenho e aquelas que precisam melhorar e replicar estratégias de sucesso ou estudar a fundo particularidades de cada região que justifiquem o mau desempenho.

Uma empresa de serviços de saúde deseja avaliar a eficácia de seus programas de prevenção de doenças. Com a análise SWOT será possível identificar as áreas em que o programa teve sucesso e aquelas que precisam de mais atenção para melhorar a eficácia.

Leia mais: Como Aprimorar Sua Gestão de Vendas?

Gostou de saber mais sobre Análise SWOT?

A análise SWOT é uma ferramenta simples e eficaz que pode ajudar empresas de todos os tipos e tamanhos a se manterem competitivas e a alcançar seus objetivos.

Ao identificar as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da empresa, é possível desenvolver estratégias de negócios bem informadas e tomar decisões informadas em todas as áreas da empresa.

Para fazer a análise SWOT, é importante seguir os passos corretos e garantir que a matriz SWOT seja cuidadosamente analisada e colocada em prática.

Com a análise SWOT como parte de seu planejamento estratégico, as empresas podem se posicionar para o sucesso a longo prazo.

Nosso blog e Centro de Recursos estão sempre atualizados com novidades e conteúdos sobre CRM, marketing e vendas. Abaixo sugerimos outras leituras que podem ser úteis a você:

Aproveite para conferir todas as funcionalidades do Sales Cloud e entender como nosso CRM transforma sua rotina de vendas. Bom trabalho e até a próxima!

Conheça o poder do Customer 360

A magia dos dados ao alcance de todas as equipes. Reuna as equipes de marketing, vendas, e-commerce, atendimento e TI, em torno do cliente e centralize sua operação em uma única plataforma.

Salesforce Brasil

Somos uma plataforma de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) baseada na nuvem, que permite com que empresas possam gerenciar e integrar todas as suas operações, como vendas, marketing, atendimento, ecommerce e TI em um lugar só.

Mais de Salesforce