State of Marketing 2020: conheça as tendências pós-pandemia

 

Para elaborar a 6ª edição do estudo State of Marketing, um levantamento global de desafios e tendências em marketing, a equipe da Salesforce Research começou a coletar dados em janeiro de 2020. Um mês depois, quando a pesquisa de campo se encerrou, a COVID-19 já alarmava autoridades do mundo todo – e estava prestes a transformar nosso modo de viver.

O cenário de pandemia exigiu uma análise cuidadosa das informações reunidas. Como produzir um relatório relevante para nossos clientes em meio a tanta incerteza? A resposta está na versão final do estudo, lançada em maio e agora disponível em português.

O State of Marketing 2020 ouviu cerca de 7 mil líderes da área ao redor do mundo. Os entrevistados – atuantes em empresas B2B, B2C e B2B2C – abordaram novos parâmetros de sucesso no marketing, mudanças nos padrões de engajamento, processos e competências em desenvolvimento e estratégias de gestão de dados.

Os resultados indicam que, para reposicionar as marcas no mundo pós-COVID-19, os investimentos em inovação e na experiência personalizada dos clientes serão essenciais para recuperar as empresas e auxiliar na geração de valor. Continue lendo e conheça os principais destaques do estudo:

State of Marketing 2020: Principais Tendências

1. Inovação como prioridade e desafio

Antes da COVID-19, os hábitos e expectativas dos consumidores já mudavam em ritmo acelerado. Com a pandemia, essa transformação tende a se tornar mais complexa, refletindo novidades introduzidas pelo distanciamento social.

Para corresponder às demandas que surgirem ou se acentuarem, as marcas terão de tomar a frente na busca por inovação. Os times de marketing serão convocados a desenvolver estratégias e utilizar ferramentas capazes de criar conexão com o público, mostrando-se úteis e atentas às suas necessidades.

As soluções seguem em construção – sobretudo as que visam integrar os dados dos usuários e respondê-los rapidamente, como indica o ranking de desafios da pesquisa.

 

2. Inteligência artificial no marketing

Desde 2018, ano da última edição do State of Marketing, o uso da inteligência artificial (IA) na área aumentou 186%. Hoje 84% das referências entrevistadas afirmam que seus times aplicam tecnologias de IA no dia a dia; em 2018, o número era de apenas 29%.

As dificuldades da pandemia salientaram a importância da empatia na comunicação com o público. Para afinar seu discurso com os valores e expectativas dos consumidores, as marcas apoiam-se cada vez mais na inteligência de dados: em boa parte, o aumento no uso da IA se deve à popularidade de estratégias data-driven focadas na experiência do cliente.

As funções da IA no marketing abrangem desde o planejamento de campanhas, com insights de oportunidade e segmentação de público, até o atendimento ao cliente, com a implementação de chatbots e outras ferramentas de automação.

A valorização da IA também está destacando gaps na gestão e unificação de dados (veja o ranking de desafios acima). Entre as diversas soluções já disponíveis no mercado, as plataformas de relacionamento com o cliente (CRM), hospedagem de e-mail e anúncios online são as mais utilizadas até o momento.

 

3. Geração de valor para clientes B2B

Não são só as pessoas físicas que esperam uma experiência de compra diferenciada. Clientes B2B também elevaram seus padrões de relacionamento – e nesse contexto, o marketing baseado em contas (account-based marketing, ou ABM) tem se consolidado como estratégia de sucesso.

Entre as empresas B2B contempladas pelo State of Marketing 2020, 89% contam com um programa de ABM na sua rotina de marketing (43% há mais de três anos). A solução reforça a satisfação do consumidor como métrica de destaque – especialmente porque reter clientes será decisivo para sobreviver à crise da COVID-19.

 

4. Privacidade dos usuários em foco

Ao mesmo tempo em que concordam com o uso transparente de seus dados, os consumidores hoje demandam maior rigor das marcas nesse processo. Os times de marketing entenderam o recado, e estão desenvolvendo políticas de gestão e proteção de dados que cumpram – e excedam – a legislação comum.

 

5. 5G, realidade virtual e Internet das Coisas como tendências da próxima década

A longo prazo, os líderes de marketing têm grandes expectativas para a tecnologia 5G e o fluxo de novos usuários para o meio digital. No período pós-pandemia, também é possível que atividades ou negócios que não se baseavam em teletrabalho passem a ser exercidos remotamente – transformando ainda mais o ambiente online.

Outras tendências no radar dos entrevistados sugerem que a tecnologia estará profundamente inserida no dia a dia das pessoas, com a popularização de recursos de realidade virtual, smart homes e wearables.

Nós apoiamos a liderança em tempos de mudança.

O relatório State of Marketing é uma iniciativa para guiar nossos clientes pelos caminhos da transformação digital. Para baixar e conferir o estudo na íntegra, acesse este link.

A seção Recursos do nosso site também disponibiliza artigos, pesquisas e materiais informativos sobre marketing, inovação e gestão de crise diante da COVID-19. Visite a Central de Recursos e explore os conteúdos do projeto Liderança em Tempos de Mudança. Até o próximo relatório!