“Sem dúvidas, a evolução mais importante na história do marketing está sendo a habilidade de entender quais dados você tem, quais dados você pode ter, como organizá-los e, por fim, como ativar esses dados”. De acordo com o executivo de propaganda Mark Flaherty, os dados são o recurso de marketing mais valioso que existe. E esse recurso está se multiplicando cada vez mais rápido: a previsão, de acordo com o Gartner e a IDC, é de que teremos 40 trilhões de gigabytes de dados no mundo em 2020, o que é aproximadamente 50x mais do que se via em 2011.

Não podemos nos limitar aos processos de marketing tradicionais quando temos uma imensidão de dados disponíveis para ajudar os times a serem mais inteligentes, criarem melhores experiências e, consequentemente, melhorarem os resultados do negócio como um todo. Por isso, é importante saber como a tecnologia pode auxiliar sua empresa a embarcar rumo à era do data driven marketing, além de entender o que é o conceito e como funciona.

Continue lendo e entenda:

  1. O que é data driven marketing?

  2. Por que aplicar data driven marketing?

  3. Como usar os dados na estratégia de marketing?

 

Data driven marketing, na tradução direta do inglês, significa marketing dirigido por dados, ou seja, é tomar decisões estratégicas e obter insights com base nos dados gerados pelos mais de 75 bilhões de dispositivos inteligentes que são usados por pessoas do mundo inteiro.

Hoje, vivemos em uma era em que quantificar e analisar o comportamento do consumidor a partir desses dados não é mais um conceito impossível. É uma realidade, e data driven marketing é a nova regra, assim como as tecnologias como inteligência artificial, machine learning e cloud computing.

Mas de onde vêm todos esses dados?

A principal razão pela qual o data driven marketing está em todo lugar é que os próprios dados dos clientes podem ser obtidos a partir de quaisquer interações, desde hábitos em redes sociais e compras até dados de busca online. Graças à tecnologia moderna, as empresas são capaz de conhecer e entender os seus consumidores como nunca antes.

 

Antes de tudo, é importante saber que os benefícios do data driven marketing, muito além do aumento nas vendas da sua empresa, são percebidos do lado do cliente.

Quando você conhece seu público-alvo, consegue alcançar apenas quem está verdadeiramente interessado ​​no que seu negócio oferece. Assim, cada vez mais, os times de marketing de alta performance estão alavancando os dados dos consumidores para elaborar essa visão 360º do público-alvo. Tudo isso permite a criação de campanhas personalizadas de acordo com a jornada do cliente, o que naturalmente leva a resultados melhores.

Através da coleta e análise dos dados certos, os times de marketing podem focar em comportamentos específicos dos consumidores - por exemplo, onde e quando eles utilizam as redes sociais ou, ainda, a quais tipos de conteúdos eles reagem - e usar essas informações para ter certeza de que seu produto ou serviço tem chance de alcançá-los.

 

Sem uma estratégia, pode ser difícil pensar em como utilizar adequadamente os dados do cliente em seus esforços de marketing. O grande desafio das equipes é que elas podem se deparar com um monte de pesquisas e informações, mas não saber muito bem o que fazer com isso. Há uma diferença entre simplesmente coletar dados do cliente e executar de forma inteligente uma estratégia de data driven marketing.

 

  1. Construa relacionamentos reais

    O principal benefício do data driven marketing é a capacidade de criar e cultivar relacionamentos, que agregam valor para os dois lados - tanto do cliente, quanto da empresa. Nos dias de hoje, existem plataformas de automação de marketing, como o Marketing Cloud, que utilizam análises avançadas para coletar dados de clientes em um único local, acessíveis de qualquer lugar, por qualquer departamento que precise deles.

    Do lado dos clientes, isso permite que eles se sintam mais conectados a sua marca, pois eles podem interagir com os dispositivos escolhidos em qualquer plataforma e receber apenas as ofertas e as comunicações relevantes para eles. Para a empresa, a comunicação é mais eficaz e a passagem dos leads do topo do funil de vendas para a etapa de conversão se torna mais eficiente.

  2. Encontre os clientes onde eles estão

    Como mencionado, as plataformas de marketing baseadas em cloud computing fornecem adaptabilidade para qualquer dispositivo ou canal. A melhor estratégia de data driven marketing utiliza os dados para permitir que seu time descubra quais canais são os mais eficazes ou os preferidos dos clientes para, assim, entrar em contato com eles.

    No entanto, é essencial entender também que a análise dos dados vai além de simplesmente indicar qual o melhor canal para abordar seus clientes. Ela também fornece as informações sobre quando é melhor alcançar cada cliente, as ofertas mais eficazes para enviá-los e a pessoa certa para fazê-lo.

  3. Aprenda com os resultados e melhore

    O marketing está sempre em evolução. Mudanças são constantes. Por isso, sua equipe não deve adotar uma única abordagem e chamá-la de correta. Para que a estratégia seja realmente data driven, você precisa se certificar de que todos os dados e comentários dos clientes estejam sendo incorporados e analisados para mensurar os resultados e, caso necessário, ajustar seus esforços. Quando algo está funcionando, veja como você pode desenvolvê-lo, e quando algo não está funcionando, procure ver como você pode alterá-lo até que você comece a ver uma melhoria.

    As melhores ferramentas de CRM podem ajudar sua empresa a não apenas criar melhores relacionamentos com os clientes, mas também podem ser voltadas para dentro para avaliar a eficácia de seus esforços de marketing. Use essas ferramentas para ajudar a eliminar os pontos fracos de sua empresa, para que você seja mais capaz de usar os dados do cliente para fornecer uma experiência de marketing melhor.

  4. Tenha a simplicidade como palavra de ordem

    Hoje em dia, é fácil ser submerso pela onda de dados disponíveis, tecnologias em constante desenvolvimento, bem como pelas novas ferramentas, métodos e processos. Por isso, vale lembrar da frase dita por Albert Einstein: "Faça as coisas o mais simples possível, mas não mais simples.". É importante manter sua equipe focada no objetivo principal: aumentar o reconhecimento de sua marca e aumentar sua base de clientes.

    Não adicione novas tecnologias simplesmente para adicioná-las; primeiro, certifique-se de que você está ciente do impacto e pondere quaisquer benefícios contra possíveis inconvenientes. Como mais e mais ferramentas e processos surgem no futuro, as chances são de que o marketing só vai se tornar mais complexo. É por isso que plataformas baseadas em nuvem podem realmente ajudar a simplificar as coisas.
Pergunte sobre os produtos, os preços, a implementação ou qualquer outro assunto relacionado ao Salesforce. Nossos agentes altamente treinados estão preparados e disponíveis para ajudar.
Dúvidas? Nossos agentes têm as respostas. 0800-891-1887