O que significa PaaS? Porque a Salesforce Platform é melhor do que as outras soluções? E, principalmente, o que é o Heroku? Essas são as perguntas que ouvimos frequentemente e para as quais você encontrará as respostas abaixo. Entretanto, caso você tenha outras dúvidas, entre em contato conosco: estamos aqui para ajudar.
Para definir uma "plataforma empresarial em nuvem", é preciso compreender o que é a computação na nuvem. No nível mais básico, as soluções de computação na nuvem fornecem funcionalidades de dados e aplicativos através da Web em vez de armazená-los no desktop/notebook/dispositivo móvel de um usuário, na unidade física ou nas soluções locais.

Consequentemente, os departamentos de TI não precisam mais se preocupar com a compra e o provisionamento de servidores para armazenar os dados da empresa e podem se concentrar na criação de aplicativos que agilizem os negócios. Além disso, eles não têm que se preocupar com a instalação de aplicativos em cada dispositivo para cada usuário em uma empresa. Em vez disso, os usuários com acesso à Web simplesmente fazem login em um aplicativo para acessar, compartilhar imediatamente dados relevantes e colaborar em processos de negócios.

As plataformas empresariais em nuvem são projetadas especificamente para ajudar a conduzir todos os departamentos de uma empresa com aplicativos. Os aplicativos que você cria podem ser dimensionados de acordo com o crescimento e permitir a personalização (por desenvolvedores, departamentos de TI, usuários de negócios ou todos os três), também sendo altamente seguros.

A Salesforce é líder em computação empresarial na nuvem desde 1999 e praticamente criou a categoria. Hoje, a Salesforce tem mais de 100.000 clientes e continua a ser um líder reconhecido no setor de computação em nuvem para empresas de todos os tamanhos e em quase todos os setores.
A Salesforce Platform é uma Plataforma como Serviço, ou PaaS (Platform as a Service), 100% na nuvem. Ela oferece tudo que é necessário para criar e gerenciar com segurança aplicativos de qualquer lugar, começando com os elementos fundamentais de que uma empresa precisa para desenvolver qualquer solução na nuvem em infraestrutura, arquitetura, banco de dados, servidores, redes, segurança e muito mais. Para os desenvolvedores, os departamentos de TI e até mesmo os usuários de negócios, ela fornece as ferramentas necessárias para um desenvolvimento rápido de aplicativos, bem como as APIs e os serviços necessários para integrar e conectar dados de outras fontes, como Oracle, SAP, MSFT, e até mesmo produtos. Sales Cloud, o CRM nº 1 do mundo, é projetado na Salesforce Platform.

A Salesforce Platform é capaz de fazer isso tudo por reunir uma família de serviços em nuvem, além de outros que funcionam em conjunto: Force.com, Visualforce, Heroku, Heroku Connect e Lightning – tudo explicado abaixo.
Um negócio pode criar aplicativos para empresas por meio de quatro soluções básicas: 1) no local; 2) Infraestrutura como Serviço; 3) Plataforma como Serviço; e 4) Software como Serviço. 

As soluções no local exigem que o departamento de TI construa toda a solução por conta própria, desde os servidores até o banco de dados do código. Embora permitam um controle grande do hardware, do software, da infraestrutura e da rede, elas são caras, demoradas e exigem muitos recursos. Além disso, é difícil gerenciar os upgrades, e nem sempre é fácil garantir que a tecnologia evolua no ritmo das necessidades dos negócios. 

A Infraestrutura como Serviço (IaaS, Infrastructure as a Service) fornece um data center bruto para que a TI possa tirar proveito de máquinas virtuais, de redes e armazenamento gerenciados e da segurança compartilhada física e de rede, bem como aproveitar os preços de utilitários que mudam de acordo com seu crescimento. No entanto, a IaaS ainda requer envolvimento pesado do setor de TI para a integração de dados, bem como para a criação e a manutenção de aplicativos e usuários.

Além dos recursos da Infraestrutura como Serviço, a Plataforma como Serviço (PaaS, Platform as a Service) oferece ainda os sistemas operacionais, o middleware e as ferramentas de tempo de execução, que permitem ao departamento de TI e aos outros setores da empresa criar e implantar rapidamente aplicativos e integrar dados de outras fontes, como SAP e Oracle, além das ferramentas e dos serviços para gerenciar tudo isso. 

O Software como Serviço (SAAS , Software as a Service) oferece aplicativos em pacotes prontos para o uso para usuários com um navegador da Web e acesso à Internet. Desenvolvidos em um banco de dados na nuvem a partir de uma plataforma subjacente, os aplicativos normalmente oferecem softwares por meio de uma assinatura mensal. A Salesforce é líder em SaaS desde 1999.

A Salesforce foi a primeira empresa a fornecer soluções de Plataforma como Serviço para empresas em todo o mundo – e de maneira como poucos fazem ou são capazes.
Para clientes que utilizam aplicativos da Salesforce, como o Sales Cloud, o Salesforce Platform permite criar funções profundamente personalizadas no aplicativo para qualquer dispositivo e qualquer funcionário. Ela também oferece aos funcionários o Chatter, uma plataforma de colaboração social projetada para empresas que permite compartilhar arquivos com segurança, colaborar em tarefas, encontrar especialistas rapidamente, criar grupos de trabalho com fornecedores e clientes fora da empresa e muito mais.

As empresas também podem usar a plataforma para desenvolver rapidamente aplicativos que conectem funcionários dentro da organização, automatizar processos de negócios em toda a empresa ou em um departamento e integrar dados de terceiros para aplicativos baseados na plataforma. Como todos os aplicativos criados na Salesforce Platform operam 100% na nuvem, eles são desenvolvidos com foco em APIs e aproveitam um modelo de dados unificado, sendo possível oferecê-los para dispositivos móveis instantaneamente. Não há necessidade de encontrar e provisionar servidores, a segurança é integrada e a configuração para análises e relatórios já vem pronta. Além disso, o modelo de dados compartilhado da Salesforce Platform garante que os dados não fiquem isolados, ou seja, eles ficam disponíveis em todos os lugares, em qualquer dispositivo. 
O Force.com é projetado principalmente para o desenvolvimento de apps  e a implantação de aplicativos baseados na nuvem voltados para o funcionário e usa a linguagem de programação Apex. Isso permite que os desenvolvedores criem aplicativos e sites através do IDE na nuvem (ambiente de desenvolvimento integrado) e façam a implantação rapidamente para os servidores com vários usuários do Force.com. A Apex pode ser usada para executar funções programadas durante a maioria dos processos na plataforma Force.com, incluindo botões e links personalizados, manipuladores de eventos na criação do registro, atualizações ou exclusões e o uso de controladores personalizados do Visualforce.

O Force.com também oferece ferramentas do tipo apontar e clicar que ajudam os usuários empresariais a criar aplicativos rapidamente e agilizam os negócios, sem criar dores de cabeça para os departamentos de TI. Mais do que isso, o departamento de TI e o desenvolvedor aproveitam os aplicativos criados pelos usuários e os aperfeiçoam.
O Heroku é semelhante ao Force.com: seu principal objetivo é oferecer aos desenvolvedores as ferramentas necessárias para criar aplicativos. A diferença fundamental é que o Heroku é projetado para o desenvolvimento e a implantação, na nuvem, de aplicativos dimensionáveis e públicos para os clientes, em vez de voltados para o funcionários (aplicativos internos).

O Heroku também permite que os desenvolvedores criem em qualquer linguagem de programação, não apenas a Apex, incluindo Ruby on Rails, Node.js, Python, Java e muito mais. Os aplicativos do Heroku podem ser executados em qualquer dispositivo e podem se conectar a contas de redes sociais, permitindo que os clientes curtam, compartilhem e tomem outras ações públicas diretamente do aplicativo.
Usar o Heroku e o Force.com juntos ajuda as empresas a criar relacionamentos mais sólidos e duradouros com seus clientes. As empresas podem sincronizar dados de usuários do Heroku com aplicativos internos relevantes de funcionários e contar com uma visão completa fácil de usar das informações em painéis, permitindo que elas visualizem rapidamente insights de clientes e tomem as ações necessárias.
O Heroku é melhor para as empresas que querem criar aplicativos voltados para clientes externos que não usam a linguagem de programação Apex a fim de criar aplicativos dimensionáveis e globais para o público externo.

O Force.com é ideal para o desenvolvimento de aplicativos voltados para funcionários internos e também para o usuário corporativo que deseja criar aplicativos internos e não tem uma formação técnica em desenvolvimento: as ferramentas são fáceis de usar e basta apontar e clicar.
O Salesforce Platform é desenvolvida sobre infraestrutura de vários usuários, o que significa que seus aplicativos são executados em um data center compartilhado, o que reduz os custos e a quantidade de recursos necessários (tempo, dinheiro e pessoas) da manutenção. A arquitetura de segurança robusta e flexível da plataforma tem a confiança de empresas de todo o mundo, incluindo setores fortemente regulamentados, como serviços financeiros, cuidados de saúde e governos. Essa arquitetura fornece o mais alto nível de segurança e controle sobre tudo, da autenticação de usuários e clientes à autenticação por meio de permissões administrativas e o acesso a dados e modelo de compartilhamento, incluindo:

Segurança da Organização: a Salesforce protege os dados da sua empresa das informações das demais por meio de um identificador único que restringe o acesso em todos os níveis aos seus dados por qualquer um fora da sua companhia, incluindo nós mesmos. Segurança do Usuário: a autenticação do usuário (delegada e SAML), combinada com a segurança em nível de rede por endereço IP, restrições de sessão e trilhas de auditoria, fornece controle e visibilidade sobre o que os usuários estão fazendo no sistema e todo o histórico dos usuários.

Segurança Programática: sessões autenticadas configuráveis e acesso seguro a lógica, dados e metadados. A Salesforce oferece ainda um scanner de código-fonte que produz um relatório de análise da segurança de seu código.

Confiança e Visibilidade: a confiança começa com a transparência. A Salesforce exibe as informações em tempo real sobre o desempenho e a segurança do sistema e oferece dicas sobre as melhores práticas de segurança para a sua organização. Saiba mais em: trust.salesforce.com .
O Visualforce é a estrutura de interface do usuário baseada em componentes para a plataforma Force.com. A estrutura inclui uma linguagem de marcação baseada em tags semelhante ao HTML. Cada tag do Visualforce corresponde a um componente de interface do usuário amplo ou específico, como a seção de uma página ou um campo. O Visualforce possui cerca de 100 componentes internos e um mecanismo por meio do qual os desenvolvedores podem criar seus próprios componentes.

O Visualforce usa o paradigma tradicional de modelo-visão-controlador (MVC, model-view-controller), com a opção de usar controladores gerados automaticamente para objetos de banco de dados, o que proporciona uma integração simples e sólida com o banco de dados. Você pode escrever seus próprios controladores, ou extensões para controladores, usando o Apex Code. O Visualforce também fornece componentes AJAX e incorpora a linguagem de expressão de fórmula para ações, dados e interações vinculantes de componentes.
Salesforce1 Mobile App  é mais do que apenas uma versão móvel da Salesforce. Com foco em APIs, é um contêiner móvel para qualquer aplicativo empresarial que você criar no Salesforce Platform, incluindo aplicativos prontos para dispositivos móveis criados no Salesforce Platform e encontrados no AppExchange.
Como o Force.com é desenvolvido totalmente na nuvem com um modelo de dados unificados e foco em APIs, qualquer aplicativo criado nele pode ser implantado imediatamente no Salesforce1 Mobile App, que também é projetado com base no Force.com. Na verdade, fazer um aplicativo pronto para dispositivos móveis exige apenas que a Salesforce1 esteja habilitada e salva na configuração Administração Móvel. Além disso, os administradores podem controlar quem tem acesso ao aplicativo dentro de uma organização.
Na Salesforce Platform, os objetos personalizados são a base dos aplicativos. Todo usuário de um aplicativo precisa acessar os objetos que estão no aplicativo, de modo que é requerida uma assinatura para cada pessoa que acessa os aplicativos.

O que está incluído:

Aplicativos avançados com acesso a 10 objetos personalizados por usuário
Um aplicativo personalizável para funcionários
Serviços móveis e kits de desenvolvimento de software
Fluxo de trabalho e aprovações
Compartilhamento e acesso de usuários
Identidade da Salesforce
Chatter
Desenvolvimento com o recurso apontar e clicar
APIs em tempo real
Relatórios e painéis
AppExchange particular
Banco de dados na nuvem

O Salesforce1 Lightning é a versão mais recente das ferramentas do Force.com e oferece aos desenvolvedores acesso à mesma estrutura do Salesforce1 Mobile App, ajudando-os a criar seus próprios componentes de aplicativos de maneira rápida e fácil.

Além de componentes, o Salesforce1 Lightning também oferece ferramentas que aumentam a produtividade e a agilidade dos desenvolvedores, da TI e dos usuários. Essas ferramentas incluem:

  • O Lightning App Builder e o Process Builder para criar aplicativos personalizados com uma lógica de negócios complexa e interfaces de usuário elegantes que funcionam em qualquer dispositivo.
  • O Lightning Connect para integrar dados de terceiros rápida e facilmente a partir de fontes como SAP, Oracle, MSFT, entre outras.
Todo grande site para clientes usa componentes. Ao abrir uma página da Web, você a vê como uma experiência completa. Na realidade, porém, ela é um conjunto de componentes costurados. Por exemplo, em uma página do Yahoo, o feed de notícias no centro é um componente cercado por outros componentes (por exemplo, unidades de anúncios e barras laterais), como um quadro.

O Salesforce1 Lightning traz esses mesmos conceitos de estrutura de componentes para a empresa, oferecendo um conjunto predefinido para começar. Isso significa que os desenvolvedores da TI agora dispõem de uma estrutura na qual os componentes podem ser facilmente criados e, por sua vez, usados para desenvolver aplicativos.

A Salesforce também oferece aos desenvolvedores e parceiros a capacidade de criar seus próprios componentes, o que significa que as empresas podem compor aplicativos com componentes predefinidos da Salesforce, criar seus próprios aplicativos personalizados ou usar outros feitos por parceiros do AppExchange. As ferramentas do Salesforce1 Lightning também permitem que esses componentes predefinidos sejam montados e remontados especificamente para qualquer tela com um simples arrastar e soltar.
Não. A Salesforce Platform fornece ferramentas fáceis de usar, basta apontar e clicar, que permitem que usuários de negócios com pouco ou nenhum conhecimento técnico desenvolvam rapidamente aplicativos personalizados. Para conferir como é fácil criar rapidamente aplicativos personalizados na Salesforce Platform, visite nosso Tutorial Trailhead  gratuito.
Você não precisa ser um desenvolvedor ou saber o código para criar novos aplicativos empresariais: basta apontar e clicar e, então, arrastar e soltar os componentes. Você pode experimentar como funciona esse tipo de desenvolvimento agora no nosso Tutorial Trailhead  gratuito.
O AppExchange é um mercado online para aplicativos de terceiros executados na Salesforce Platform e criados especificamente com o Force.com. Os aplicativos estão disponíveis gratuitamente, bem como em modelos de assinatura anuais ou mensais. 
Não. Não há necessidade de comprar, configurar ou gerenciar nenhuma infraestrutura ou software. Qualquer empresa de qualquer tamanho com praticamente qualquer orçamento pode escolher o pacote com as ferramentas que ela precisa para começar a criar aplicativos na nuvem personalizados que ajudem a agilizar imediatamente todas as áreas dos negócios.